O caso chegou ao conhecimento do CRMV-AM através de denúncia, na qual determinada companhia aérea que atua no interior do Estado estaria recebendo atestado sanitário sem o devido registro profissional de Médico-Veterinário.
O CRMV apurou os fatos e oficiou a companhia aérea acerca do ocorrido, bem como da existência da Instrução Normativa nº 18 de 18/07/2006 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que exige o registro de Médico-Veterinário nos atestados sanitários.
Na oportunidade, também foi oficiada a Polícia Federal, para que nesses casos tomem as providências cabíveis.

Em nota, a Companhia Aérea informou que os procedimentos serão reiterados com seus colaboradores.

🧐 O Conselho reforça que serviços veterinários prestados por pessoas sem habilitação em Medicina Veterinária JAMAIS poderão ser considerados comuns e que encaminhará qualquer denúncia apresentada aos órgãos competentes para as medidas cabíveis.

A denúncia pode ser feita através do contato —> Fiscalização e Denúncias (92) 99452-0761 │ fiscalizacao@crmv.am.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *